EVENTO GRATUITO

9 de maio
9h às 12h30

Alameda Santos, 85 - Jardins,
São Paulo (Hotel Golden Tulip)

Para entender a reforma, suas causas e consequências

A reforma trabalhista caminha em ritmo acelerado no Congresso Nacional. Já foi aprovada na Câmara dos Deputados e agora será apreciada no Senado.

O governo federal quer a aprovação rápida, como forma de melhorar o ambiente econômico no País. Mas o tema contém aspectos polêmicos, como a interpretação de que o acordado prevaleça sobre o legislado sempre (com exceção dos direitos previstos na Constituição), as mudanças na jornada de trabalho e no contrato temporário, entre outros.

A verdade, porém, é que em pouco tempo as relações de trabalho no Brasil serão regidas por uma nova legislação. Explicar as mudanças e indicar os caminhos a serem seguidos depois de implementadas é o objetivo do seminário Reforma Trabalhista - mudanças e impactos na gestão das empresas.

O evento é promovido por dois sindicatos de setores que são causa e consequência de uma sociedade moderna, plural e democrática: o Seinesp, de empresas de internet, e o Sindjore, de empresas de jornais e revistas.

Como será o Seminário

O seminário será organizado em dois momentos, com a participação de especialistas e estudiosos em relações e legislação do trabalho. No primeiro momento, o consultor Emerson Casali vai explicar o ABC da reforma trabalhista. Depois, o professor José Pastore e aos advogados Sólon Cunha e Wolnei Tadeu Ferreira debatem as mudanças ocorridas, suas implicações e os cenários que surgirão no mercado, na Justiça e nas relações trabalhistas.

Palestrantes/Debatedores

Autaza

Emerson Casali

Engenheiro, mestre em Administração e diretor da CBPI Produtividade Institucional, onde assessora setores e grandes empresas na esfera institucional trabalhista. Atuou na TV Globo e na Confederação Nacional da Indústria, onde por seis anos liderou a área trabalhista e sindical e colaborou na elaboração das "101 propostas para modernização trabalhista”.

Autaza

José Pastore

É doutor Honoris Causa em Ciência e Ph. D. em sociologia pela University of Wisconsin (EUA). É professor titular da Faculdade de Economia e Administração e da Fundação Instituto de Administração, ambas da Universidade de São Paulo. É pesquisador da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas e consultor em relações do trabalho e recursos humanos.

Autaza

Sólon Cunha

Doutor em Direito do Trabalho, atua na área trabalhista e previdenciária, especializado em consultoria e assessoria jurídica preventiva, com experiência em negociação sindical. É professor da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas e membro da International Bar Association e da Asociación Iberoamericana de Derecho Del Trabajo y de la Seguridad Social.

Autaza

Wolnei Tadeu Ferreira,

Formado em Direito e Administração e pós-graduado em Recursos Humanos, com ênfase em Relações Sindicais. É diretor jurídico da Associação Brasileira de Recursos Humanos e membro da International Bar Association e da Associação dos Advogados Trabalhistas de São Paulo. Especialista em negociações sindicais em casos que envolvam conflitos coletivos.

Autaza

Admilson Moreira,

Auditor-fiscal do Trabalho desde 1995 e mestre em Economia pela Universidade de Brasília. Desempenhou funções de chefia, coordenação e assessoramento em diversas áreas do Ministério do Trabalho, a partir de 1996. Atualmente é o coordenador do Grupo de Trabalho interno do Ministério do Trabalho que trata da modernização da legislação trabalhista.











Para previnir SPAM por favor confirme a resposta: Usando apenas números, quanto é 10+15?  

9
maio
Endereço
Alameda Santos, 85 - Jardins, São Paulo
(Hotel Golden Tulip Paulista Plaza)
Informações: seinesp@seinesp.org.br
e o telefone 11 3078-3058
REALIZAÇÃO